Égua sumida por 3 dias depois de enchente é encontrada em telhado

Uma chuva histórica devastou a região Oeste do Japão recentemente, deixando pelo menos 150 mortos. Portanto, qualquer boa notícia tem sido comemorada com alegria, conta o Portal Mie. Uma dessas histórias é a da égua Leaf, uma miniégua, na verdade, usada para terapia animal em uma unidade que cuida de idosos em Mabicho, distrito de Kurashiki, em Okayama.

A eguinha Leaf, de 9 anos, desapareceu no dia 6 de julho, quando a chuva estava muito forte, e todos acharam que ela tinha se afogado, já que a região foi completamente inundada com a cheia dos rios. A fazenda onde Leaf era mantida ficou totalmente debaixo d’água.

Uma funcionária do abrigo de idosos, Mari Tanimoto, não perdeu as esperanças e confiou nas habilidades de natação de Leaf. Procurou-a nas montanhas 3 dias depois do desaparecimento, mas não encontrou nada. Leaf, na verdade, não tinha ido muito longe dali.

Ela estava protegida das águas no telhado do segundo andar de uma casa na cidade vizinha. Provavelmente chegou ali nadando, já que as águas estavam justamente naquela altura. Tinha apenas uma das pernas machucada e estava coberta de lama, tadinha. Assim que foi resgatada por moradores locais, ganhou um lanche de cenouras e repolhos para se recuperar.

Vida longa à Leaf e sorte e saúde para todos os afetados pelas enchentes.

Sugestão do leitor Gustavo Fukuda