Manifestantes com tornozeleiras eletrônicas exigem que líderes de facção cumpram pena perto de casa

Que causa te faria sair de casa para protestar? Não é qualquer motivação que tira o brasileiro da zona de conforto… Em Manaus, no Amazonas, um grupo se reuniu para protestar, com faixas e tudo, na frente do Fórum Henoch Reis.

A causa?

Olha essa causa, que coisa bem particular… Eles querem que dois dos líderes da maior facção criminosa do Estado – José Roberto Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa”, preso em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e João Branco, preso em Catanduvas, no Paraná – passem a cumprir suas penas no Amazonas, pertinho de casa.

Mas… Por que?

Seria para ficarem mais perto de suas famílias e facilitar as visitas? Um dos manifestantes, segundo o site Holofote, apontou um motivo bem mais prático, que é “voltar por ajudar muitas pessoas”. A pessoa ouvida está cumprindo pena em regime semiaberto e, como vários outros daquele protesto, usava tornozeleira eletrônica. “[Os dois presos] Continuam ajudando. Aqui ficarão mais perto de nós. É melhor”, disse.

Tá, já deu para entender.