Irmãos matam chefe porque ele desligou o Wi-Fi

Sabe o limite? Então… A gente já passou do limite. Não está mais dando certo. Veja o caso dos irmãos Reinan Oliveira da Silva e Venicio da Silva Santos, por exemplo. Eles foram presos na última quarta-feira, dia 9, depois de confessarem o assassinato de Miguel Mário Oliveira Santos, de 48 anos, gestor da fazenda onde o padrasto deles trabalha, na cidade de Aurelino Leal, na Bahia.

O crime ocorreu no fim de dezembro do ano passado, mas só agora foi solucionado. Segundo o jornal A Tarde, os criminosos apontaram dois motivos para terem matado e ocultado o cadáver da vítima. O primeiro: ele proibiu um amigo dos dois, menor de idade, de jogar futebol em um campo da fazenda com acesso restrito a funcionários.

Leia também  Motorista confunde prédio onde mora com outro e derruba portão da garagem

Já é bizarro, mas o segundo motivo é pior: A vítima irritou os irmãos depois de desligar o Wi-Fi da fazenda, impedindo que os funcionários usassem a internet durante o trabalho. Pior é que, conhecendo o sistema prisional brasileiro, agora vai ser bem mais fácil para eles conseguir um sinal de internet.

Sugestão do leitor Pablo Nun’Alvares