População prende prefeito pela perna para cobrá-lo sobre promessas não cumpridas

Não deve ser fácil ser prefeito da pequena San Buenaventura, na Bolívia. O povo de lá, uma população de 8 mil pessoas, tem uma relação muito estreita com seus governantes. Tanto que é comum cobrá-los com violência quando mentem ou não cumprem o que prometeram. Se a moda pega…

Javier Delgado, o prefeito em questão, foi preso pela perna em uma estrutura de madeira que parece uma guilhotina para dar satisfação sobre o que disse durante a campanha. Segundo o jornal El Deber, ele já teve que passar por isso em 2015 e 2016.

Ao jornal, ele afirmou que se submeteu ao protesto para poder dar sua versão dos fatos. Segundo disse, seria influência de notícias falsas e de poderosos que perderam espaço na administração. “Nós não estamos falando de pobretões, mas pessoas que têm muito dinheiro, que têm negócios, atividades econômicas e que perderam poder”, disse.

Ele acabou sendo libertado algumas horas depois. Durante as horas de discussão, ainda teve o direito de fumar um cigarro e recebeu a companhia de um cão, que sentou-se ao seu lado, claramente alheio ao que estava acontecendo. Como já estava acostumado, Delgado resolveu não acionar a polícia.

Sugestão do leitor Henrique Calabrez