Ladrões usam boias para atravessar represa e roubar galinha avaliada em R$ 150

Nem a clássica expressão “ladrão de galinha” continua significando a mesma coisa, veja só. Dois homens foram presos pela Polícia Militar por terem roubado uma galinha de um sítio do bairro Pilão D’Água, em Itapeva, São Paulo. Mas não era qualquer galinha…

Era uma galinha da raça asiática brahma, avaliada em R$ 150, podendo chegar a R$ 200. Ou seja… Uma SENHORA galinha de respeito. E a operação não foi simples como pular uma cerca, cortar um galinheiro com alicate ou coisa parecida.

Os dois ladrões encheram duas boias feitas de câmara de pneu e atravessaram uma represa para o intento, informa o G1. Algum vizinho desconfiou do movimento e, via grupo Vizinhança Solidária, chamou a polícia. Os dois foram presos depois de buscas pelo bairro. E a galinhona foi recuperada, sã e salva.

Sugestão do leitor Adriel Cruz