Cidade com 7 mil pessoas faz contrato com construtora para comprar R$ 500 mil em ovos de Páscoa

Essa é daquelas notícias que nos deixam com as orelhas de coelhinho em pé. E não foi fruto de profunda investigação jornalística, não. Estava no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 12 de março, o famoso anteontem.

O pequeno município de Roteiro, no Litoral Sul de Alagoas, com cerca de 7 mil habitantes, teria firmado um contrato de 12 meses (!)* com uma construtora, a M.M. Representações e Construções LTDA EPP (!!), para a aquisição de ovos de Páscoa (!!!) no valor de R$ 493 mil, quase meio milhão (!!!!).

É dessas coisas que nos deixam sem ter o que dizer. E nem o prefeito Wladimir Chaves de Brito, que assina o contrato, sabia o que dizer. Por meio de sua assessoria de imprensa, informou ao G1 que houve um “erro no sistema” e que o contrato foi cancelado assim que o problema foi constatado.

Para completar o excesso de “Brasil” na notícia, o site entrou em contato com a construtora para esclarecer a existência deste contrato bizarro e… adivinha? O telefone de contato era de uma empresa de contabilidade que sequer atende mais a construtora.

*No post original constava “12 anos”, o que é um erro. Foi corrigido para “12 meses” às 15h39 do dia 14 de março. 

Sugestão do leitor Guilherme Marini