Passageiro não para de soltar pum e avião faz pouso de emergência

Um voo da empresa Transavia que ia de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para Amsterdã, na Holanda, foi interrompido por um motivo muito bizarro: pum, peido, ou flatulência, gases, para os mais técnicos. Um dos passageiros não parava de soltar puns, mesmo após pedidos dos outros passageiros e dos comissários de bordo.

Diante da negativa – e de novos puns -, o piloto foi alertado e resolveu fazer um pouso de emergência com a aeronave em Viena, na Áustria, onde o passageiro foi expulso. E em grande estilo. Segundo o Estadão, funcionários do aeroporto entraram com cães no avião para retirarem o “peidão”.

Além dos flatos, ele também teria arrumado confusão com outros passageiros. A empresa Transavia, responsável pelo voo, confirmou o fato e afirmou em nota que “os comissários são treinados para assegurar um voo seguro a todos os passageiros”.

Sugestão dos leitores Marcos Donizete e Henrique Calabrez