Mulher presa por transportar maconha descobre que levava apenas mate e tijolos

O mundo dá voltas, a gente sabe. Mas para esta mulher de 32 anos detida pela Polícia Rodoviária Federal na segunda-feira, 19, em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, ele deu tanta volta que voltou ao momento da partida. Mais especificamente para o momento logo antes de ter resolvido transportar maconha e ganhar dinheiro com isso.

Ela levava tabletes de maconha na bagagem, em um ônibus que ia de Ponta Porã a Dourados, também no Mato Grosso do Sul. Uma decisão difícil de se tomar, certo? Tanta droga… Seria muito arriscado. Acabou presa pela PRF e confessou o crime, informa o Porã News. Segundo a polícia, o destino final da droga seria um interceptador em São Paulo.

Só que… Não era maconha. Era tijolo. Aliás… Tijolo envolto de erva mate. A erva errada. Quer dizer… Para ela, que pensava ter sido pega cometendo um crime, foi a erva mais do que certa. Ainda segundo o Porã News, como não se tratava de maconha, a mulher foi liberada pela polícia.

Sugestão dos leitores Guilherme Rocha, Vagner de Jesus e Renata Peres