Homem inventa o próprio sequestro para acobertar noite em motel com amante

Um homem casado de 27 anos, morador de Muriaé, na Zona da Mata de Minas Gerais, estava tão empenhado em trair sua mulher quanto em esconder o fato. Como disfarçar uma noite fora de casa? Viagem de trabalho? Parente distante adoeceu? Nada disso. Ele inventou o próprio sequestro.

Em sua primeira versão, dada à mulher e aos policiais, ele disse que foi levado por bandidos em seu carro e ficou preso em uma casa num povoado da região, informa o UOL. Durante a noite, aproveitou que o imóvel estava destrancado e não havia ninguém tomando conta do “cativeiro” e fugiu. Teve mais sorte ainda, porque seu carro estava aberto e com as chaves na ignição. O único problema é que tinham roubado o estepe e uma caixa de som. Dos males o menor, né?

Leia também  Homem esquece onde estacionou carro e encontra veículo 20 anos depois

Pois bem… A polícia não engoliu esse papo. Uma rápida ligação para a Sala de Operações da Polícia Militar revelou que outro caso estava aguardando atendimento. Justamente o de um homem que não pagou sua estadia no motel e havia deixado uma caixa de som e um estepe como garantia de que voltaria para quitar a conta.

Ou seja… Ainda é caloteiro, além de bem pouco brilhante. Com seu falso registro de crime, pode pegar seis meses de prisão. Sobre o casamento, não temos informações.

Sugestão do leitor Cleber Catão