Três são presos por velarem idosa viva

Uma senhora de 67 anos de La Paz, na Bolívia, identificada como Carmen foi velada pela filha, a prima e o genro em uma funerária local. O problema é que… ela não estava morta ainda. Segundo a imprensa local, os três tiraram a idosa de um hospital porque o médico teria dito que não havia mais o que fazer por sua saúde devido a uma série de doenças.

Os três então deram entrada com Carmen em uma funerária com o objetivo de esperá-la morrer e deixaram-na em uma mesa, coberta por um lençol, à espera de aplicação de formol. O caso ocorreu no último dia 1º de agosto, informa o site La Voz.

Leia também  Nadador faz sozinho um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do terrorismo em Barcelona (VÍDEO)

Ela só foi salva porque duas amigas foram se despedir e perceberam que ela chorava embaixo do lençol. Chamaram a polícia e os três parentes responsáveis foram detidos. O administrador da funerária foi preso com o grupo, já que não poderia ter admitido a idosa ainda com vida em seu estabelecimento, sem um atestado de óbito. Carmen acabou levada de volta ao hospital.

Sugestão da leitora Ane Souz