Nadador faz sozinho um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do terrorismo em Barcelona (VÍDEO)

Você provavelmente não conhece, mas Fernando Álvarez é um nadador espanhol e disputou o Mundial de Masters (atletas mais velhos) de Budapeste, na Hungria. Comovido com os atentados terroristas que deixaram mortos em Barcelona, na Espanha, seu país, pediu para que a organização de sua prova – os 200 metros peito – respeitasse um minuto de silêncio em homenagem às vítimas.

“Não se pode perder nem um minuto”, foi a resposta da organização a Álvarez, segundo o jornal português Observador. O que ele fez? Pôs seu respeito às vítimas à frente da prova. Abandonou-a, mas em grande estilo. Quando foi dada a largada, Álvarez ficou, sozinho, de pé, até que passasse um minuto inteiro. Seus companheiros de raia pularam na piscina para disputar a prova. Quando o minuto acabou, ele mergulhou.

Leia também  Zoo quer usar sexo para corrigir hábito de panda de andar para trás

Cumpriu a prova, e deu um exemplo que nenhuma competição poderia tirar dele. Abaixo, a cena de empatia explícita: