Mel pinga do teto e casal descobre colméia gigante no sótão de casa

Infiltração é um problema sério em casa, né? Começa aquela mancha na pintura, depois começa a pingar água pelos dutos elétricos… Nessa casa de Market Harborough, em Leicestershire, na Inglaterra, aconteceu isso, mas não foi bem água que passou a minar do lustre no teto.

A “substância viscosa” identificada pelo casal que mora ali era mel. Mel de abelha. Há muito tempo eles não iam no sótão, mas começaram a perceber que havia mais abelhas que o normal em volta da propriedade. O motivo estava em cima de suas cabeças. O mel foi a gota d’água, sem trocadilho.

Leia também  Zoo quer usar sexo para corrigir hábito de panda de andar para trás

“Os especialistas em abelhas fizeram um buraco no teto e descobriram uma colméia gigantesca”, afirmou Stewart Moss, da seguradora que financiou a obra da casa, ao site do jornal Mirror. “Em casas grandes, sótãos e quartos podem ficar sem serem verificados por longos períodos de tempo, o que deu oportunidade para que as abelhas construíssem uma casa impressionante.”