Homem pega o crânio do pai no cemitério e leva para o bar para matar a saudade

Das certezas da vida, a morte é a que a gente menos aceita. Muitas vezes ela parece injusta, o fim irremediável. No último domingo, Dia dos Pais, a pequena Paranaíba, no Mato Grosso do Sul, viu um estranho desfile de saudade pelas ruas.

Um homem foi ao cemitério da cidade prestar homenagens ao pai falecido e teve uma ideia bizarra. Pegou o crânio do pai no túmulo e saiu do cemitério em direção a um bar para beber e matar a saudade. A população estranhou e chamou a polícia.

“Em 27 anos de polícia nunca vi isso”, disse Betuel Jeferson Fernandes, inspetor da Polícia Civil, ao site Campo Grande News. O homem responderá pelos crimes de violação de sepultura e vilipêndio a cadáver. As penas podem chegar a seis anos de reclusão.

Sugestão dos leitores Paulo Cesar Toledo e Suelen Oliveira