Homem fica de tanguinha na frente do tribunal para pedir sua maconha apreendida de volta

Não, gente. Esse não é o Gregorio Duvivier. É Jeffery Shaver, de 31 anos, um canadense de Kitchener, Ontario. Por que ele estava de tanguinha? Porque ele queria muito a maconha dele de volta. A droga – além do bong, como o que ele segura na imagem, usado para o consumo – havia sido apreendida pela polícia depois que Shaver teve um ataque de pânico em um hospital local. O protesto foi em frente ao tribunal da cidade.

“Devolvam meu bong” e “Devolvam minha marijuana” eram as placas que ele exibia, além de quase todo o seu corpo nu. “Eu tenho um cartão para maconha medicinal (documento que autoriza a compra legal da droga). Cinco meses depois de consegui-lo, fui preso por porte de maconha, mesmo estando com o cartão”, disse Shaver, segundo o site Boing Boing.

Leia também  Imagem de Nossa Senhora amanhece vestida de Batman

Dois dias depois do episódio no hospital, ele resolveu, em protesto, fumar maconha na frente da delegacia, quando teria sido detido pela segunda vez. Ficou 16 horas presp, afirma. Ele alega que só devolveram um dos bongs que apreenderam, e nada da maconha que estava neles. Esse bong da foto é o terceiro, e ele dava tragos enquanto respondia à repórter do site The Record.

Não sabemos se o protesto deu algum resultado, positivo ou negativo.