Em meio à crise histórica do Rio, governador Pezão vai gastar R$ 2,5 milhões para andar de jatinho

O Rio de Janeiro, palco da final da última Copa do Mundo e da última Olimpíada, assumiu também o papel de Estado corrupto com a prisão de seus últimos governantes e investigações em andamento afetando todos os degraus do poder. Com isso, afundou em uma histórica crise financeira, com servidores estaduais com quase três meses de salários atrasados. Em meio a isso…

O governador Luiz Fernando Pezão resolveu gastar R$ 2,518 milhões para contratar uma empresa de táxi aéreo por um ano. Assim, faria de jatinho as muitas viagens que tem feito a Brasília. O edital foi lançado pela Subsecretaria Militar da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico e as propostas serão esperadas entre os dias 11 e 23 de agosto.

O jornal O Globo, que noticiou o fato, foi além para demonstrar o tamanho desse absurdo. Considerando a passagem mais cara disponível entre Rio e Brasília – da empresa mais cara, e comprada no mesmo dia da viagem -, o dinheiro do jatinho daria para 1.094 viagens de ida e volta em um ano, o equivalente a 91 viagens por mês.