Robô da Amazon chama a polícia e salva mulher de agressão do namorado

Alexa é uma inteligência artificial criada pela Amazon para ajudar em tarefas domésticas, como fazer compras e responder perguntas. Ela funciona em aparelhos da empresa, como o Echo, e recebe ordens de voz. Uma mulher de Tijeras, no Novo México, Estados Unidos, descobriu por acaso, e no momento mais apropriado, uma nova função de Alexa: salvar vidas.

Eduardo Barros, de 28 anos e com passagens anteriores na delegacia, discutia com sua namorada com arma em punho por achar que ela o estava traindo. A desconfiança o fez perguntar, em voz alta: “Você chamou os xerifes?” Ela não havia chamado, mas Alexa estava na escuta e executou a ação como uma ordem.

Ao perceber que a polícia tinha passado a ligar de volta para o número da casa, Barros ficou ainda mais descontrolado e passou a agredir a namorada com chutes e socos. Uma equipe da SWAT, unidade especial da polícia, foi enviada e precisou negociar com Barros para que ele libertasse a namorada e sua filha, que também estava na residência. “Essa tecnologia sensacional definitivamente ajudou a salvar uma mãe e sua criança de uma situação muito violenta”, afirmou Felicia Romero à rede de televisão ABC News.

Sugestão dos leitores Bruno Rocha e Elbinha Franco