Jornal afirma que cachorro-quente não é sanduíche e retoma polêmica

Esqueça a nossa tragédia política (mentira, mas pode voltar a lembrar em alguns minutos). Agora sim estamos falando de uma polêmica que vale a pena ser discutida. A treta é antiga, mas voltou à tona recentemente, depois que o jornal Louisville Courier-Journal, de Kentucky, nos Estados Unidos, fez uma correção curiosa: “Nas seguintes datas, o Courier-Journal incorretamente se referiu aos cachorros-quentes como sanduíches”, e elencaram as edições onde as supostas incorreções estavam. “Nós lamentamos profundamente os erros”, afirmaram.

E a internet ficou como?

SURPRESAGIF

Como dissemos, não é uma polêmica nova, mas sempre vale a pena quando é revisitada. O sanduíche, como definição, é formado por duas ou mais fatias de pão e recheio entre elas. O argumento dos que não consideram o cachorro-quente um sanduíche é que o pão do cachorro-quente não é totalmente dividido, há apenas uma abertura em um pão. Não há fatias, portanto.

Leia também  Nadador faz sozinho um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do terrorismo em Barcelona (VÍDEO)

A lógica argumenta que você não precisa dividir um pão em dois para criar um sanduíche, já que ele foi criado para a portabilidade, ou seja, comer sem precisar das duas mãos e apertar o recheio entre os dedos utilizando o polegar opositor (humanos!). Nesse caso, o cachorro-quente se encaixa como sanduíche sem o menor problema.

Mas… A contra-argumentação é poderosa. Então o taco ou o burrito também são sanduíches? E o wrap? É… Não é mole. Qual é a sua opinião definitiva a respeito?