Jornal afirma que cachorro-quente não é sanduíche e retoma polêmica

Esqueça a nossa tragédia política (mentira, mas pode voltar a lembrar em alguns minutos). Agora sim estamos falando de uma polêmica que vale a pena ser discutida. A treta é antiga, mas voltou à tona recentemente, depois que o jornal Louisville Courier-Journal, de Kentucky, nos Estados Unidos, fez uma correção curiosa: “Nas seguintes datas, o Courier-Journal incorretamente se referiu aos cachorros-quentes como sanduíches”, e elencaram as edições onde as supostas incorreções estavam. “Nós lamentamos profundamente os erros”, afirmaram.

E a internet ficou como?

SURPRESAGIF

Como dissemos, não é uma polêmica nova, mas sempre vale a pena quando é revisitada. O sanduíche, como definição, é formado por duas ou mais fatias de pão e recheio entre elas. O argumento dos que não consideram o cachorro-quente um sanduíche é que o pão do cachorro-quente não é totalmente dividido, há apenas uma abertura em um pão. Não há fatias, portanto.

Leia também  Estrelas do atletismo erram caminho e desconhecido vence maratona de Veneza (VÍDEO)

A lógica argumenta que você não precisa dividir um pão em dois para criar um sanduíche, já que ele foi criado para a portabilidade, ou seja, comer sem precisar das duas mãos e apertar o recheio entre os dedos utilizando o polegar opositor (humanos!). Nesse caso, o cachorro-quente se encaixa como sanduíche sem o menor problema.

Mas… A contra-argumentação é poderosa. Então o taco ou o burrito também são sanduíches? E o wrap? É… Não é mole. Qual é a sua opinião definitiva a respeito?