Americana mata o namorado com um tiro em ‘brincadeira’ para o YouTube

“Eu e Pedro vamos gravar um dos vídeos mais perigosos de todos os tempos. Ideia dele, não minha”, postou no Twitter a jovem americana Monalisa Perez, de 19 anos. Ela e Pedro Ruiz, de 22, seu namorado, moravam em Halstad, Minnesota, nos Estados Unidos, e tinham um canal no YouTube. Como muitos jovens de hoje, sonhavam com a fama na internet. A ideia do vídeo mencionado era atirar com uma pistola .50 – muito poderosa – contra o peito de Pedro, que seguraria um livro grosso de enciclopédia para evitar a bala. Uma péssima ideia, claramente, mas que havia sido testada antes. Tudo indicava que a bala não ultrapassaria o livro.

Deu muito errado, como você já sabe desde o título. A cena foi gravada por duas câmeras, já apreendidas pela polícia, e presenciada por cerca de 30 vizinhos, curiosos com o que os dois estavam aprontando, informa a BBC. Uma das testemunhas foi a filha de 3 aninhos do casal. Monalisa está grávida do segundo filho deles, um menino com data provável de nascimento em setembro. O canal dos dois tinha na descrição a frase “a vida real de um jovem casal que por acaso são pais adolescentes”.

“Eles estavam apaixonados, eles se amavam”, disse Claudia Ruiz, tia da vítima fatal. “Foi apenas uma brincadeira que deu errado.” As testemunhas do caso ficaram chocadas. “Todos estavam chorando”, disse o vizinho Wayne Cameron a uma rede de TV local. “Eu estava atrás daquela árvore bem ali. E foi isso. Eu não conseguia aguentar mais então tive que ir para casa.”