YouTuber russo é condenado por jogar Pokémon Go em igreja

Um youtuber russo chamado Ruslan Sokolovsky acaba de ser condenado por “incitar o ódio religioso”. Como? Bem… Em agosto do ano passado, no auge da popularidade do Pokémon Go, jogo de celular que usa a realidade aumentada para caçar monstrinhos virtuais no mundo real, Sokolovsky fez um vídeo caçando monstrinhos virtuais dentro de uma igreja. O vídeo ainda está no ar, com quase 2 milhões de exibições.

Ele estava detido e aguardando julgamento desde outubro do ano passado. A Justiça de Ecaterimburgo, cidade onde ele mora, condenou-o a três anos e meio de cadeia, mas com suspensão da punição. Na prática, ele só vai pra cadeia se fizer algo parecido de novo. Está, digamos, sob observação. “Sem o apoio dos repórteres, eu provavelmente teria uma punição real de prisão”, disse Sokolovsky segundo o The Guardian.