Caçador famoso morre esmagado por elefante que amigo matou

O caçador profissional sul-africano Theunis Botha, de 51 anos, teve um “dia de caça” e morreu em Gwai, no Zimbábue. E foi patético. Um integrante de seu grupo de caça disparou contra uma elefante fêmea e o animal, abatido, caiu esmagando Botha. O grupo teria saído para a caça na tarde da última sexta-feira quando encontraram alguns elefantes acasalando.

Segundo o G1, citando uma fonte do site local Netwerk24, três elefantes teriam investido contra os caçadores, que atiraram de volta. A elefanta que acabaria matando Botha esmagado teria chegado a levantá-lo com a tromba antes de ser abatida por um membro do grupo de caçadores.