10 músicas que estão fazendo 10 anos mas parece que foram lançadas ontem

Quer dizer que 2007 foi o maior ano da história da humanidade? Não, não foi. Mas, pelo menos na música pop, parece que colocaram alguma vitamina na fonte etérea de hits, o que fez das paradas de sucesso uma playlist com vida útil muito acima do normal. Avril Lavigne deu uma repaginada, Britney Spears fez a Fênix de ressaca e tentou renascer das cinzas, Fergie conquistou vida própria além do Black Eyed Peas, o mundo viu o melhor de Justin Timberlake – à frente dos singles ou em featuring – e ainda teve a honra de ser apresentado a uma das melhores – senão a melhor – cantora de nossos tempos: Amy Winehouse. Deu saudade? Parece que foi ontem, né? Acompanhe esse prazeroso tombo de 10 anos com os vídeos ou, se preferir, em playlists que montamos no Deezer e no Spotify.

 

1 – Girlfriend – Avril Lavigne

Quem não lembra da menina rebelde sem causa, que andava de skate por aí e aprontava altas confusões com sua turma em um Shopping quando surgiu cantando “Complicated”? A menina cresceu e apareceu repaginada em 2007, com mecha rosa no cabelo, roupas curtas e chocando todas as fãs da moça, que precisaram trocar o All Star e as munhequeiras por salto alto e meia arrastão em “Girlfriend”. Ela ainda lançou “When You’re Gone e “The Best Damn Thing” naquele ano, mostrando que nem só de sombra escura no olho, dedo do meio e chapinha vivia sua carreira. Parece que foi ontem, né?

 

2 – Umbrella – Rihanna ft. Jay-Z

Rihanna lançou seu primeiro CD em 2005, aos 17 anos, e “Pon de replay” lançou a cantora de Barbados ao estrelato. Mas só em 2007, quando ela se juntou a Jay-Z e lançou a lacradora “Umbrella”, o mundo inteiro se rendeu ao poder da moça. A música alcançou o topo das paradas musicais e lá ficou por semanas. Ainda hoje a música toca nas rádios e nas baladas, causando essa eterna sensação de que foi lançada outro dia. Um detalhe curioso é que a música foi feita originalmente para Britney Spears, mas a gravadora rejeitou a canção. Ah, se eles soubessem…

 

3 – Gimme More – Britney Spears

Falando em Britney Spears, 2007 foi o ano em que ela voltou ao mercado fonográfico. Depois de um surto em que ela raspou os cabelos, perdeu a guarda dos filhos, engordou uns quilinhos e agrediu paparazzis com um guarda-chuva, a princesinha do pop ressurgiu das cinzas, lançou seu icônico CD “Blackout” e voltou a ser o centro das atenções, dessa vez de forma positiva. Quer dizer… quase. O importante é saber fazer do limão uma limonada.

 

4 – Irreplaceable – Beyoncé

E falando em transformar limão em limonada, a música “Irreplaceable”, da Beyoncé, foi lançada oficialmente no ano anterior, mas alcançou o topo das paradas em 2007 e ainda levou uma indicação à gravação do ano no Grammy. Ela ainda gravou a memorável “Beautiful Liar” com ninguém mais, ninguém menos que Shakira.

 

5 – Misery Business – Paramore

Para quem não se lembra, o mercado emo estava super em alta nessa época. Centenas de bandas masculinas bombavam nas rádios e nas paradas, e foi aí que o Paramore surgiu. Dizer que Paramore era emo pode fazer com que alguns leitores batam aqui na porta da redação, então vamos dizer que a banda, liderada por Hayley Williams, surgiu como uma alternativa para quem curtia um som um pouquinho mais pesado e, claro, com uma mulher no comando. “Misery Business” foi um grande sucesso e a banda se manteve no topo durante muito tempo, sendo indicada ao Grammy no ano seguinte, como revelação e, finalmente, levando o prêmio pra casa em 2015, como melhor música rock.

 

6 – Big Girls Don’t Cry – Fergie

2007 foi o ano em que Fergie, a voz feminina do Black Eyed Peas, se jogou na carreira solo. O CD “The Dutchess” garantiu à cantora o topo das paradas de sucesso e um lugar especial em nossos corações. As canções “Clumsy” e “Glamorous” também bombaram naquele ano, mas “Big Girls Don’t Cry” deu a ela o prêmio de “carreira solo bem sucedida após sair de uma banda que fez muito sucesso” idealizado por nós mesmo.

 

7 – Back to Black – Amy Winehouse

Chegou, provavelmente, a parte mais dolorida dessa lista: Amy Winehouse. “Back to Black” foi a música mais incrivelmente genial das últimas décadas e fez com que Amy alcançasse não só o sucesso mundial, mas também o topo dos nossos corações para sempre. Ela ainda gravou as músicas “Rehab” e “You Know I’m No Good”. Obrigado, Amy. Onde quer que você esteja, somos gratos por 2007 ter existido em nossas vidas.

 

8 – Give It To Me – Timbaland ft. Nelly Furtado e Justin Timberlake

2007 foi um ano em que os cantores resolveram todos se unir e fazer muita coisa boa todo mundo juntinho. Nessa musicão da porra, Timbaland se juntou com Nelly Furtado e Justin Timberlake e a gente ama isso e ouve isso e dança isso até hoje! Volta 2007! E aí decidimos desmembrar esse featuring:

 

9 – Say It Right – Nelly Furtado

Por onde anda Nelly Furtado? Beijos, Nelly! Essa mulher maravilhosa que tudo que tocou em 2007 transformou em ouro! “Say it Right” tocou em balada gay, balada hetero, festa no play, aniversário da avó e até funeral, se duvidar.

 

10 – What Goes Around…Comes Around – Justin Timberlake

E o maior Justin da história que você respeita (veja bem, estamos falando do ex da Britney, não do Bieber). “What Goes Around…Comes Around” foi um enorme sucesso e a gente não consegue acreditar que ela completa dez anos em 2017. A música “Ayo Technology”, uma colaboração com o 50 Cent, também foi lançada no mesmo ano, não fez tanto sucesso, mas vale o registro. A gente tá velho mesmo.

 

BONUS TRACKS:

Grace Kelly – Mika

Um momento felizinho da lista de 2007, ano que nos presenteou com o sucesso do primeiro (e melhor) álbum do Mika. O CD ainda tem “Relax, Take it Easy”, que foi por anos a fio a música mais tocada nos fins de festa ao redor do mundo.

 

No One – Alicia Keys

O primeiro single do terceiro álbum de Alicia Keys foi, provavelmente, seu maior sucesso e, claro, foi lançado em 2007, o melhor ano da música mundial. O álbum “As I am” vendeu 742 mil cópias em sua semana de lançamento e “No One” ficou 11 semanas no top 3 da Billboard. Cinco dessas semanas, em primeiro lugar. Amém, Alicia Keys.

 

Beautiful Girls – Sean Kingston

“Beautiful Girls” foi o maior sucesso de 2007, desses que tocam em todo lugar até ninguém aguentar mais. Foi o “Gangnam Style” de 2007 e, se você não conhece ou não se lembra dela, você não é merecedor de ter chegado até o fim dessa lista.

Comente com Facebook