Marido agride mulher que não aceitou pé de maconha como árvore de Natal

Policiais de São Roque, em São Paulo, estavam indo apenas atender a uma ocorrência de “desentendimento de casal”, que no Brasil é pleonasmo para “agressão contra mulheres”. Chegando lá, encontraram apenas a mulher do casal. O marido tinha fugido antes da polícia chegar. Ela afirmou que foi agredida várias vezes e disse que o motivo foi um pé de maconha de quase um metro. Ele queria porque queria que a planta fosse a “árvore de Natal” da casa, com bolinhas e pisca-pisca. Ela foi contra.

Ainda segundo o depoimento da mulher, o marido tinha “ciúme” da planta. Ela foi levada à delegacia para prestar depoimentos. A planta foi apreendida. O boletim de ocorrência contra o marido, foragido, foi elaborado com lesão corporal dolosa, violência doméstica e posse ilegal de drogas, informa o São Roque Notícias.