Índia vai multar empresas aéreas que jogarem cocô do céu

Nada mais justo, né? O que deve ser pior que reunir os amigos pra um churrasco e, de repente, levar um banho de cocô e xixi sem nem poder xingar quem jogou? Aparentemente é o que estava acontecendo nas proximidades do aeroporto de Deli, segunda maior cidade da Índia. O National Green Tribunal, um tribunal que regula questões de meio ambiente, quer que as “aeronaves recém pousadas sejam sujeitas a inspeções surpresa para verificar se os tanques de dejetos humanos não estão vazios”, informa a BBC.

A multa para aviões que despejam dejetos humanos na cabeça das pessoas – ou em qualquer lugar, inclusive em mar aberto – seria de 50 mil rúpias indianas, o equivalente a R$ 2,5 mil. A ordem da corte indiana veio de uma ação contra empresas aéreas feita por um oficial do exército aposentado. Ele alega que “paredes e piso” do terraço de sua casa “ficam salpicados com grandes porções de excremento largado por aviões voando perto do aeroporto”. O ministro da aviação contesta o oficial aposentado.