Jogador é suspenso por doping e alega problemas de ereção

A vida não está fácil para Olívio Costa, 28 anos, meia do CRB, clube de Maceió, Alagoas, que atualmente disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. Ontem, o clube solicitou recurso ao Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para diminuir a pena de suspensão por um ano que Olívio recebeu por doping. Segundo a defesa, ele não teve a intenção de se dopar. Tudo que ele queria era se curar de disfunção erétil com um creme à base de testosterona. Isso mesmo que você está pensando.

Não bastasse a situação constrangedora e a suspensão – que, aliás, continua valendo -, o médico do clube ainda resolveu entrar em detalhes. “Ele (Olívio) está no segundo casamento, querendo atender os anseios da esposa, querendo ter um filho e, com essas dificuldades, ele recorreu a um especialista, indicado por mim. O creme à base de testosterona foi passado para melhorar a libido dele. O uso foi suspenso pelo atleta, porque não deu o resultado esperado”, afirmou Gilson Heleno Barbosa Silva, médico do CRB, ao site Globo Esporte. O CRB está atualmente em 7º na competição e não tem mais chances de subir.