12 obras do escultor que ‘organiza’ a natureza em sua arte

A obra do escultor escocês Andy Goldsworthy não é feita para durar. Dá muito trabalho, mas só ganha o mundo quando há uma foto antes que a natureza volte para “borrar” o que ele fez. Ele usa galhos, pedras, folhas, penas e tudo mais que já existe em um cenário totalmente natural e… organiza. Organiza as formas e tons de cor de acordo com a criatividade. É um trabalho de paciência e, pensando bem, deve ser bastante terapêutico, né? Os críticos consideram sua obra “efêmera”, “passageira”, e dá conta da fragilidade do planeta Terra. Noves fora, é no mínimo bonito pra caramba. Abaixo, 12 obras do escultor que ‘organiza’ a natureza em sua arte.

1 – Um círculo de galhos e cipós em volta de uma pedra. 

andy1

2 – Esse, com a mesma proposta, parece um portal para o vazio. Ou uma guirlanda sustentável? 

andy2

3 – Imagina o trabalho que deu para organizar as folhas em tons de cor… 

andy3

4 e 5 – Pedras amontoadas e, ao lado, quebradas ao meio e colocadas em espiral. 

andy4

6 – Gravetos em uma poça d’água… Não sopra! 

andy5

7 – O mesmo, agora com penas. 

andy6

8 – Essa deu vontade de colocar entre camadas de vidro para durar para sempre. 

andy7

9 – É pau, é pedra, é o fim do caminho. 

andy8

10 – O reflexo, fundamental. 

andy9

11 – Quase a bandeira de Camarões. 

andy10

12 – Está cuidando do meio ambiente? Estamos de olho… 

andy11