Repórter solta um ‘p*** que pariu…’ ao vivo depois de fala de Trump (VÍDEO)

Tem dias que só soltando aquele palavrão bem cabeludo mesmo. A repórter Carolina Cimenti, por exemplo, correspondente do canal GloboNews nos Estados Unidos, não perdeu sua oportunidade. Ela estava pronta para entrar ao vivo no último domingo, dia 9 de outubro, e comentar sobre o segundo debate da disputa presidencial americana entre Hillary Clinton e Donald Trump. Só precisava esperar o fim da reportagem gravada, o famoso VT, em que Trump usava as puladas de cerca do marido de Hillary, o ex-presidente Bill Clinton, para se defender dos áudios recentes em que ele aparece fazendo comentários jocosos e agressivos sobre mulheres.

“Se você olhar para Bill Clinton, o que ele fez às mulheres, nunca houve ninguém na história da política nesta nação que tenha sido tão abusivo com as mulheres”, disse Trump. E corta para os comentários de Carolina Cimenti.

“P*** que pariu…”, diz Cimenti, abaixando o microfone. E corta para os estúdios da GloboNews, onde a apresentadora desconversa. “Acho que a Carol tá sem o nosso retorno…” Pode ter sido uma reclamação sobre um problema técnico? Pode, claro que pode. Mas coube perfeitamente depois de mais um papelão de Trump na campanha. Abaixo, o vídeo: