Parlamentares à mesa em posse de Temer colecionam 76 ocorrências judiciais

O blog Lupa, da revista Piauí, fez um levantamento usando dados do Transparência Brasil e descobriu que os parlamentares reunidos à mesa durante a posse de Michel Temer como presidente colecionam, juntos, um total de 76 ocorrências judiciais, entre elas inquéritos e ações que correm na Justiça comum, Justiça eleitoral e nos Tribunais de Conta. A única que escapa ilesa é a deputada Mara Gabrilli.

Só o deputado federal Beto Mansur é responsável, sozinho, por 54 dessas ações, de problemas na prestação de contas em campanha até condições de trabalho degradantes, análogas a de um escravo. Além de Mansur, também estão envolvidos em ocorrências judiciais os partamentares Renan Calheiros, Romero Jucá, Rodrigo Maia e Waldir Maranhão.