Homem denunciado por matar tartaruga alegou legítima defesa

Terry Wayne Washington, de 55 anos, foi filmado por corredores amadores no mês passado enquanto matava uma tartaruga a marteladas na margem do lago Lady Bird em Austin, no Texas, Estados Unidos. Depois de morto, o animal foi escondido embaixo da ponte próxima ao local do crime e Washington fugiu em seu carro, estacionado nas redondezas. Isso é uma maldade sem tamanho, mas esta não é a notícia. A notícia é que ele alegou que matou a tartaruga – UMA TARTARUGA – em legítima defesa. Legítima defesa, é isso mesmo.

De acordo com o inquérito, ele disse que estava pescando quando acabou fisgando a tartaruga. Ao tentar reaver seu anzol, ele teria ficado assustado porque a tartaruga deu diversos botes em sua direção, tentando mordê-lo várias vezes. O animal media 70 por 40 centímetros, mas, definitivamente, não era um cachorro ou um javali. A polícia não levou a baboseira de legítima defesa em consideração e Washington foi denunciado por crueldade animal, podendo pegar pena de detenção na penitenciária estadual, informa a KXAN, da rede NBC.