Pesquisadores encontram DNA de rato e até de gente em hambúrgueres

A empresa americana Clear Labs analisou 258 amostras de hambúrgueres à venda na Califórnia, Estados Unidos, e fez descobertas assustadoras sobre o que há dentro da carne. Segundo a pesquisa, 13,6% das amostras tinham algum problema e em 1% do total esse problema era de higiene. Três amostras continham DNA de rato e um, de DNA humano. Apesar de parecer assustador, os cientistas dizem que as quantidades encontradas não fazem mal ao consumidor e estão dentro dos parâmetros regulatórios.

Perigoso mesmo, dizem eles, são outros resultados menos assustadores. Por exemplo, dois hambúrgueres vegetarianos continuam traços de DNA de carne bovina e um hambúrguer de carne de boi continha carne de porco. O maior problema encontrado é não avisarem no rótulo o que há de fato no alimento. “Quando ingredientes estão presentes no produto e não informados no rótulo existe um aumento potencial para reações alérgicas adversas. Há também implicações culturais importantes”, informa a Clear Labs.