Bispo da Universal é cotado como ministro de Ciência e Tecnologia de Temer

Segundo apurou o Surrealista, no currículo de Marcos Pereira constam o cargo de bispo da Igreja Universal (do qual é licenciado), a vice-presidência da Rede Record (já saiu) e a posição (atual) de presidente nacional do PRB, partido entrelaçado com a denominação pentecostal de sua origem. Ah! Ele também é advogado, com registro na OAB de São Paulo. Pois bem. Marcos Pereira é um dos nomes mais fortes para assumir a pasta de Ciência e Tecnologia de um eventual governo Michel Temer, informa a Folha de S. Paulo. A afinidade de Marcos com o assunto é… nenhuma.

Peraí… Desculpa. Nenhuma, não. No último dia 30 de abril ele fez um post no Facebook providencial com uma dramatização em vídeo da importância da mãe na vida de Thomas Edison, identificado por ele como “inventor da lâmpada elétrica incandescente e outras 2300 patentes”. Agora sim… Tirando isso, nenhuma.

O post do dia 2 de maio (ontem) foi mais direcionado às suas intenções. “Nossa esperança é a de que o novo governo [Temer] não cometa os mesmos erros deste que está prestes a se encerrar. Temos conosco a expectativa de, juntos, deixarmos um legado para o futuro. O Brasil pode contar com o PRB”, afirmou Marcos Pereira.

(Sugestão dos leitores João Carlos Frontarolli e Anelise Zamo)