Votação do impeachment na Câmara terminou em pizza

Desde o começo da votação na Câmara que acabou autorizando o Senado a julgar o impeachment da presidente Dilma Rousseff, um convitinho simples de cartolina circulava entre os deputados a favor do afastamento. Era um chamado para a comemoração da vitória, com presença esperada do vice-presidente Michel Temer e do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. O prato principal… “PIZZA” (assim mesmo, em caixa alta no convite).

O convescote foi na casa da filha do deputado Heráclito Fortes, no Lago Sul, um dos endereços mais nobres de Brasília. Segundo apurou Fernando Rodrigues, do UOL, o convitinho foi entregue a mais de cem deputados pró-impeachment.