Pop star indonésia é mordida por cobra no palco, canta mais 45 minutos e depois morre

Irma Bule, uma cantora da Indonésia de 29 anos, morreu depois de ser mordida por uma cobra que ela sempre usava em suas performances. O problema foi que ela aparentemente pisou no rabo do animal, que reagiu. Ela não interrompeu o show e, não se sabe o motivo, recusou o soro antiofídico que sua produção ofereceu. Também não se sabe por que a produção não tirou a peçonha da cobra antes do show.

Depois de cantar por mais 45 minutos – a mordida foi durante a segunda música – ela começou a vomitar e caiu no palco, conta o Daily Mirror. Bule chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu. O espécie que a mordeu, a cobra-real, é considerada a maior cobra peçonhenta do mundo.

(Sugestão do leitor Ricardo Terto)