Canadense cria aula de yoga com xingamentos, cerveja e heavy metal

O que normalmente se espera de um estúdio de yoga? Ambiente arejado, muita luz natural e alunos respirando fundo, fazendo movimentos delicados, certo? Pois você não veria nada disso na aula de Rage Yoga (“Yoga da Raiva”, em tradução livre), nova modalidade da prática milenar oriental criada pela canadense Lindsay Istace. As aulas acontecem em um canto escuro de um bar chamado Dickens Pub, localizado no centro de Calgary, no Canadá.

A professora Istace trocou os sons da natureza ou música new age por heavy metal bem agitado e as garrafinhas de água viraram garrafas de cerveja. Parte do processo da Rage Yoga inclui xingamentos em voz alta e gestos obscenos como mostrar o dedo do meio. Para não ser apenas “Rage” (“Raiva”), o que tornaria tudo apenas uma divertida ida a um bar, a parte da yoga é inspirada na Vinyasa, mas em uma versão mais lenta.

Os alunos com pouca experiência encontram um ambiente descontraído para errar e tentar de novo. “Se você cai ou cambaleia, pode apenas rir de tudo. Não se sente como se estivesse perturbando algum tipo de ‘tranquilidade’ da aula”, disse Istace ao jornal canadense CBC News.

A ideia da inovação surgiu quando Lindsay Istace passou por um término de relacionamento muito doloroso. Ela afirma ter recuperado a saúde mental combinando yoga com gritos e xingamentos e decidiu passar sua experiência adiante. As aulas acontecem desde janeiro às segundas e quartas-feiras no Dickens Pub, em Calgary, mas o objetivo de Istace é levar a Rage Yoga para bares e cervejarias em todo o país.